Como Controlar as Finanças de uma Pequena Empresa com 3 dicas

Mas afinal, Como Controlar as Finanças de uma Pequena Empresa?

Existem muitos fatores que podem contribuir para as chances de sucesso do seu novo negócio, mas nenhum é tão importante quanto à gestão financeira. Você pode ter decidido abrir um restaurante porque sabe cozinhar, abrir uma loja de roupas de varejo porque gosta de moda, ou então abrir uma desentupidora porque sua família trabalha com isso há anos, mas abrir um negócio não vai transformá-lo automaticamente em um contador.

Aqui estão cinco maneiras para lhe ajudar a Como Controlar as Finanças de uma Pequena Empresa, seja uma prestadora de serviços como a desentupidora, ou então uma loja de roupas de varejo. Leia conosco!

Orçamento é seu melhor amigo

O orçamento é o seu melhor amigo
O orçamento é o seu melhor amigo

Como controlar as finanças de uma pequena empresa? Tenha seu orçamento em mãos! A parte mais importante de qualquer plano financeiro é um orçamento. Mas como você faz o orçamento quando não tem ideia do que vai acontecer?

Uma das formas mais fáceis para começar é minimizar suas despesas pessoais tanto quanto possível. Um orçamento não deve ser considerado um plano para onde gastar cada real, mas sim a estrutura para ajudá-lo a tomar decisões racionais sobre como seu dinheiro será gasto.

Crie categorias que incluam custos de moradia, transporte, mantimentos e entretenimento e, a seguir, encontre maneiras de reduzir os custos em cada categoria o máximo possível.

Depois de fazer isso, descubra quanto você precisará fazer para cobrir esses custos e ainda sobrar dinheiro para economizar ou investir de volta em seu negócio, essa deve ser sua meta de lucratividade.

Manter um Fundo de Emergência

Como controlar as finanças de uma pequena empresa? Tenha seu fundo de emergência!

O que você faz se (ou mais provavelmente, quando) seu negócio atravessa um período lento e você não consegue ter lucro? Ou, se o seu pior pesadelo se tornar realidade e seu negócio não for bem sucedido? Esses são pensamentos assustadores, mas a realidade é que são cenários muito comuns para muitos proprietários de pequenas empresas que não conseguem garantir uma renda estável ou consistente.

Saber como controlar as finanças de uma pequena empresa é estar preparado para o pior com seu fundo de emergência.

Um fundo de emergência pode ajudá-lo a sair de uma situação difícil. Depois de descobrir quanto dinheiro você precisará para cobrir seus negócios e despesas pessoais por um mês, multiplique isso por seis e se certifique de sempre ter esse tanto em seu fundo de emergência.

Durante os meses mais lentos, ou quando você encontrar despesas não planejadas, pode precisar recorrer ao seu fundo de emergência. Tudo bem (é para isso que está lá!). Mas, certifique-se de sempre reabastecer esses fundos para se proteger contra futuros custos ou circunstâncias imprevistas.

Ainda seguindo o exemplo de desentupidora, podemos citar como exemplo a Dezjato Desentupidora, que devido a sua boa organização financeira hoje figura como a principal empresa em seu setor em toda a região da grande São Paulo, mesmo tendo começado como uma pequena empresa.

Certifique-se de que você está sendo pago

Pague a si primeiro
Pague a si primeiro

Além de aprender a como controlar as finanças de uma pequena empresa, precisamos compreender e nos certificarmos de que realmente estamos sendo pagos.

Não há nada tão bom quanto saber que você deixou um cliente feliz com seus serviços. Exceto, é claro, sabendo que pagaram antecipadamente por esses serviços.

Quando você está administrando seu próprio negócio, os pagamentos de clientes são sua tábua de salvação. Se suas faturas não forem pagas, suas contas não serão pagas e, se suas contas não forem pagas, seu negócio não poderá funcionar.

Uma das coisas mais importantes que você pode fazer é ter uma política de pagamento clara e definida em vigor. Seus clientes devem saber quais são os pagamentos devidos, quando são devidos, como podem ser pagos e o que acontece se os pagamentos atrasarem ou se perderem.

Você não pode forçar ninguém a fazer um pagamento, mas o que você pode fazer é:

  • Envie faturas assim que puder;
  • Defina prazos de pagamento que garantam que os pagamentos não sejam esquecidos;
  • Acompanhamento de faturas enviadas ou pagamentos atrasados.

Administrar uma empresa não é fácil, é por isso que nem todos podem fazer isso. O empreendedorismo de sucesso requer foco, dedicação e paixão e, claro, algumas maneiras de lidar com os altos e baixos do seu fluxo de caixa. Siga nossas dicas e tenha certeza de que o controle financeiro de sua pequena empresa está bem organizado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *