Exposição revela o avesso da arte de Valéria Scornaienchi

FOTO: Detalhe de obra que integra a mostra Pelo Avesso/ CRÉDITO: Valéria Scornaienchi

Desenho, instalação, obra sonora, livro de artista, intervenção e um ateliê-maquete estão reunidos na exposição Pelo Avesso, que a artista plástica campineira Valéria Scornaienchi realiza no Museu de Arte Contemporânea de Campinas “José Pancetti” (Macc). Trata-se de um projeto que a artista desenvolve desde 2014, quando começou a desenhar corvos, e que foi contemplado pelo Fundo de Investimentos Culturais de Campinas (Ficc) 2016 realização 2018, da Secretaria Municipal de Cultura.

O projeto teve início a partir de uma visão recorrente que Valéria teve na adolescência de corvos carregando sua casa. No ano em que decidiu se aprofundar na pesquisa sobre essa espécie de aves, realizou uma viagem a Cosenza, na Itália, e realizou o ensaio fotográfico de uma casa que avistava da janela do hotel em que estava hospedada. A construção representava a casa do imaginário simbólico da artista (a mostra traz uma réplica dessa casa feita em madeira sobre corvos de borracha no chão).

Trabalhos da artista (CRÉDITO FOTO: Valéria Scornaienchi)

 

Outro destaque de Pelo Avesso é a montanha de pequenos elementos de alumínio que retrata a ação dos corvos, que carregam no bico pequenos elementos que brilham à luz do Sol, criando um ambiente de convivência entre o corvo e os visitantes, que se integram ao lugar. O mesmo ocorre com a obra sonora da revoada instalada na parte externa do Macc, e que liga o museu à Biblioteca Pública Municipal “Ernesto Manoel Zink”, localizada no andar superior do prédio.

A exposição Pelo Avesso traz no deslocamento de linguagens um corpo que acolhe a arquitetura e as relações entre dois lugares que fazem parte das discussões do meu trabalho: o museu – seja na intenção de estar nele ou de estar fora dele – e a biblioteca – considerando como representante da literatura. No meio do projeto, o livro O Corvo de Edgar Allan Poe atravessou meu caminho, o que me fez dialogar com a literatura não de maneira linear, mas por associações e pensamentos.” (Valéria Scornaienchi)

A ARTISTA

Valéria Scornaienchi é uma artista contemporânea que desenvolve projetos no próprio ateliê. Sua pesquisa está relacionada com a escrita, o desenho e o espaço. Participa de grupos de estudos em artes visuais na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e é do Farol81, grupo de artistas de Campinas. Também atua como arte educadora em formação continuada com professores da rede pública.

Participou de Salões de Arte e de várias exposições coletivas e individuais, entre elas Nunca Mais, na Galeria de Arte do Instituto de Artes (Gaia), da Unicamp; Tempo Desmedido, no Projeto Estante de Livros e Cadernos de Artista do IA da Unicamp; obra Duas Décadas do Museu Universitário de Arte (MuNa), em Uberlândia (MG); e Palavra + Imagem, no Museu de Arte Murilo Mendes (Mamm), em Juiz de Fora (MG).

EM TEMPO

Como parte da exposição, estão programados encontros com a artista, nos quais Valéria convida as pessoas a participarem do processo do trabalho que estará em construção no período em que a mostra permanecerá em cartaz. Nesses dias, a artista estará presente no ateliê-maquete para bate-papos com o público sobre as formas de arte contempladas em Pelo Avesso (confira datas e horários abaixo).

SERVIÇO

Pelo Avesso – Exposição de Valeria Scornaienchi
Data: De 9 de Novembro a 31 de Dezembro de 2018 (vernissage dia 8/11, às 19h)
Local: Museu de Arte Contemporânea de Campinas – Macc (Rua Benjamin Constant, 1.633, Centro, Campinas, SP)
Visitação: De terça a sábado, das 10h às 18h; quintas-feiras, das 10h às 21h; domingos e feriados, das 9h às 12h
Encontros com a Artista:

  • 13/11 – Das 14h30 às 16h30
  • 22/11 – Das 10h às 12h e das 14h30 às 16h30
  • 28/11 – Das 14h30 às 16h30
  • 30/11 – Das 10h às 12h
  • 4/12 – Das 10h às 12h e das 14h às 16h
  • 12/12 – Das 14h às 16h
  • 18/12 – Das 10h às 12h e das 14h às 16h

Agendamento para grupos: oipeloavesso@gmail.com
Preço: Entrada gratuita

(*Com informações Assessoria de Imprensa)

Share this article

LALÁ RUIZ, jornalista, curiosa e apaixonada por cultura, comida e viagens, sem qualquer coerência no quesito preferência. Nascida em São Paulo, Capital, e radicada em Campinas, interior paulista, formada em Comunicação Social pela PUC-Campinas e trabalhou durante 26 anos na mídia impressa da cidade, tendo atuado nos jornais Correio Popular, Diário do Povo e Notícia Já.

Post a comment

Facebook Comments