E a ciência entra no cardápio de seis bares de Campinas

FOTO: Depositphotos

A edição 2018 do festival internacional de divulgação científica Pint of Science – Um Brinde ocorre entre os dias 14 e 16 de Maio. Vinte e um países participam do evento que tem por objetivo aproximar o que é discutido e pesquisado nas universidades da população em geral, a partir de bate-papos descontraídos realizados em bares. O Brasil integra o festival e contará com programação em 56 cidades de diferentes estados, incluindo Campinas (SP).

Por aqui, o Pint of Science terá como palco seis bares localizados na região central e no distrito de Barão Geraldo, com a participação de 36 especialistas em diversos assuntos, de inteligência artificial a questões climáticas e fake news. O mais bacana é que não é necessário realizar inscrição antecipada, basta chegar. A entrada é gratuita e a pessoa paga apenas o que consumir. Confira abaixo a programação do Pint of Science 2018 em Campinas e…saúde!

Lado B (Avenida Albino J. B. de Oliveira, 1.240, Barão Geraldo)

  • 14/5/2018 (SEGUNDA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: Inteligência Artificial, com o debate De Máquina de Sonhos a Pornografia: Inteligência Artificial e Criação de Conteúdo (falso), com Adín Ramírez Rivera e Sandra Eliza Fontes de Avila, ambos professores do Instituto de Computação da Unicamp.
  • 15/5/2018 (TERÇA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: Fármacos, com os debates Descobrindo Medicamentos no Brasil, com Eliezer J. Barreiro, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e criador e coordenador científico do LASSBio/ICB-UFRJ; Novos Medicamentos: Mitos e Verdades, com Lidia Moreira Lima, farmacêutica e professora da UFRJ.
  • 16/5/2018 (QUARTA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: Sirius & Pré-Sal, com os debates Geociências e o Pré-Sal, com Guilherme de Oliveira Estrella, geólogo e diretor de Exploração & Produção da Petrobrás na época da descoberta do pré-sal brasileiro (2003-2012); e Sirius: Acelerando o Futuro da Ciência, com Antônio José Roque da Silva, professor titular do Instituto de Física da USPe diretor do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron e do Projeto Sirius.

Alzirão Empório e Bar (Rua Francisco de Barros Filho, 432, Barão Geraldo)

  • 14/5/2018 (SEGUNDA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: Química & Universo, com os debates Do Que o Universo é Feito?, com Flávia Sobreira, que estuda a expansão acelerada do universo usando dados observacionais de grandes telescópios como o Dark Energy Survey e o Large Synop+c Survey Telescope Dark Energy Science Collabora+on; e Vamos Aproveitar a Biodiversidade Brasileira!, com Vanderlan da Silva Bolzani, professora titular da Unesp e professora convidada da University Pierre and M.
  • 15/5/2018 (TERÇA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: Relatividade & Raios Cósmicos, com os debates Relatividade Geral faz 100 anos! Parabéns!, com Alberto Saa, professor do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica da Unicamp; e Raios Cósmicos: O Que São?, com Carola Dobrigkeit Chinellato, professora do Instituto de Física da Unicamp.
  • 16/6/2018 (QUARTA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: Doenças Negligenciadas, com os debates Doenças Negligenciadas: onde, por que, por quem, até quando?, com Rodrigo Nogueira Angerami, médico do setor de Epidemiologia Hospitalar do Hospital de Clínicas da Unicamp e professor; e Cuidando dos Pacientes Negligenciados – O Árduo Caminho para o Desenvolvimento de Novos Tratamentos, com Fabiana Barreira, médica com treinamento em Pesquisa Clínica na Universidade de Harvard.

Da Vinci Bar (Rua Dr. Emílio Ribas, 503, Cambuí)

  • 14/5/2018 (SEGUNDA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: Política de Drogas, com os debates Vale a Pena Descriminalizar as Drogas?, com Luís Fernando Tófoli, médico psiquiatra e professor de psiquiatria da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp; e Economia Explica: Drogas, Problemas Sociais e Políticas Públicas Atuais, com Taciana Santos de Souza, economista, pesquisadora e co-fundadora do LEIPSI – Laboratório de Estudos Interdisciplinares sobre Psicoativos.
  • Data: 15/5/2018 (TERÇA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: Matemática, com os debates É Melhor Ser Egoísta ou Cooperar?, com Flávia Maria Darcie Marquitti, pós-doutoranda no Instituto de Física da Unicamp; e Matemática: Verdades, Infinitos e Paradoxos, com Henrique Sá Earp, doutor em matemática e co-fundador do espaço Terracota Coworking, em Barão Geraldo.
  • 16/5/2018 (QUARTA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: Clima & Vulcões, com os debates Clima Extremo: Dois Graus a Mais Produzem o Caos?, com Ana Maria Heuminski de Avila, pesquisadora no Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas em Agricultura (Cepagri); e Uma Viagem no Tempo: Vulcões e Terremotos no Brasil, com Ticiano José Saraiva dos Santos, professor associado do Departamento de Geologia e Recursos Naturais do Instituto de Geociências da Unicamp.

The Lord’s Pub (Rua Américo Brasiliense, 350, Cambuí)

  • 14/5/2018 (SEGUNDA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: Fake News (Jornalismo), com os debates Desinformação em Massa: Como se Defender das “Notícias Falsas”, com Angela Pacheco Pimenta, jornalista e coordenadora-executiva do Projeto Credibilidade e do Atlas da Notícia, levantamento sobre veículos jornalísticos no território brasileiro; e A “Nova” Moda das Notícias Falsas (Fake News), com Carlos Orsi, jornalista, escritor e coordenador de divulgação científica dos Planetários de São Paulo.
  • 15/5/2018 (TERÇA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: Alimentação e Saúde, com os debates “Serial Killers”: Obesidade e Diabetes, com Everardo Magalhães Carneiro, professor titular do Departamento de Biologia Estrutural e Funcional da Unicamp; e Existe Lógica nos Alimentos Funcionais?, com Dennys Esper Corrêa Cintra, coordenador do Laboratório de Genômica Nutricional (LabGeN) da Unicamp.
  • 16/5/2018 (QUARTA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: Gêneros e Transgêneros, com os temas Identidades de Gênero & Orientações Sexuais Sob um Olhar Feminista, com Camila Mendes de Godoi, engenheira química formada pela Unicamp e uma das coordenadoras do curso de formação feminista das PLPs; e Cura gay, Transfobia e Machismo: As Tretas Atuais, com Karla Bessa, pesquisadora do Núcleo de Estudos de Gênero da Unicamp.

Tonico’s Boteco (Rua Barão de Jaguara, 1.373, Centro)

  • 14/5/2018 (SEGUNDA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: Boatos (internet), com o debate De Pablo Vittar a Autismo: Como o Método Científico Pode Salvar Sua Vida, com Emilio Garcia (biólogo, mestre em ecologia e divulgador científico no canal BláBláLogia) e Pirula (biólogo com canal na internet com vídeos sobre ciências, ceticismo e atualidades, entre outros assuntos).
  • 15/5/2018 (TERÇA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: Sustentabilidade Urbana, com os debates Cidades e Sustentabilidade, com Roberto Luiz do Carmo, sociólogo que estuda as relações entre população e ambiente; e Para Quem Produzimos a Cidade?, com Sonia Regina da Cal Seixas, docente plena do Doutorado em Ambiente e Sociedade e do Programa de Pós-Graduação em Planejamento de Sistemas Energéticos, ambos da Unicamp.
  • 16/5/2018 (QUARTA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: CSI: Química, com os debates Forense: A Química que Prende e Manda Soltar, com Adriano Otávio Maldaner, doutor em Química Orgânica pela Unicamp e perito criminal federal; e Ouvindo os Mortos Para Fazer Justiça: Toxicologia Forense, com José Luiz da Costa, ex-perito criminal e atualmente docente da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Unicamp.

Vila das Brejas (Avenida Dr. Romeu Tórtima, 593, Barão Geraldo)

  • 14/5/2018 (SEGUNDA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: Utopias e Distopias, com os debates Utopia: A Sociedade Perfeita Existe?, com Carlos Berriel, livre docente do Departamento de Teoria Literária Unicamp; e A Superinteligência Artificial Vai Ser Boa Para Quem?, com Walter Carnielli, professor de lógica e filosofia no Departamento de Filosofia e no Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência da Unicamp.
  • 15/5/2018 (TERÇA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: Clima & Água, com os debates Direito de Todos: Água Não se Nega a Ninguém, com Luciana Cordeiro de Souza-Fernandes, professora de Direito da Faculdade de Ciências Aplicadas da Unicamp; e Mudanças Climáticas: Qual Futuro Que Nos Espera?, com Paulo Artaxo, professor do Instituto de Física da USP.
  • 16/5/2018 (QUARTA-FEIRA)
    Horário: Das 19h30 às 21h
    Tema: Ciência e Pseudociência, com os debates Por Que Falar de Ciência é Importante?, com Marcelo Knobel, físico e reitor da Unicamp; e Jogo da Verdade: Você Sabe o Que Não é Ciência?, com Natalia Pasternak Taschner, bióloga e diretora no Brasil do festival internacional de divulgação científica Pint of Science – Um Brinde.

EM TEMPO

O Pint of Science surgiu depois que Michael Motskin e Praveen Paul, ambos pesquisadores do Imperial College London, na Inglaterra, organizaram em 2012 um evento chamado Encontro com Pesquisadores. Nesse encontro, pessoas com Alzheimer, Parkinson, doenças neuromusculares e esclerose múltipla foram convidadas para conhecer os laboratórios dos cientistas e ver de perto o tipo de pesquisa que realizavam.

π π π

A experiência foi tão positiva que a dupla decidiu propor um evento em que os pesquisadores pudessem sair das universidades e institutos de pesquisa para conversar diretamente com as pessoas. Assim, em Maio de 2013, surgiu o Pint of Science.

π π π

O Pint of Science foi trazido para o Brasil pela jornalista Denise Casatti, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC-USP), e ocorreu pela primeira vez no país em 2015, em São Carlos. Essa edição pioneira deu tão certo que várias pessoas se interessaram por levar o evento para suas cidades. Em 2016, Belo Horizonte, Campinas, Dourados, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro e São Paulo também tiveram bate-papos com cientistas. Em 2017, o número de municípios participantes subiu para 22 e, em 2018, são 56.

π π π

O nome Pint of Science faz referência ao tamanho do copo de cerveja servido nos pubs londrinos (um pint equivale a 568 ml da bebida).

Mais informações: pintofscience.com.br

Share this article

LALÁ RUIZ, jornalista, curiosa e apaixonada por cultura, comida e viagens, sem qualquer coerência no quesito preferência. Nascida em São Paulo, Capital, e radicada em Campinas, interior paulista, formada em Comunicação Social pela PUC-Campinas e trabalhou durante 26 anos na mídia impressa da cidade, tendo atuado nos jornais Correio Popular, Diário do Povo e Notícia Já.

Post a comment

Facebook Comments