Livro-reportagem traz histórias de pessoas que perderam a visão

FOTO: O escritor André Barretto/ CRÉDITO: Marco Flávio Santos

André Barretto lança nesta quarta-feira (13/12/2017), em Campinas (SP), o livro-reportagem Cegueira sem Ensaio (publicação independente, 208 págs., R$ 49,90). A obra reúne 12 histórias de pessoas que ficaram cegas em consequência de doenças, acidentes ou outras situações, e mostra não apenas como cada uma lida com a perda da visão, mas também como reconstrói sua vida.

Cegueira sem Ensaio é primeiro livro do campineiro André Barretto. Administrador e jornalista por formação, ele acredita que as melhores histórias estão no mundo real. Tanto que constrói a narrativa por meio das técnicas do Jornalismo Literário e da metodologia da Jornada do Herói, que, baseada na Psicanálise, identifica etapas de vida desde antes da perda até a recuperação total do indivíduo.

SERVIÇO

Sessão de autógrafos do livro Cegueira sem Ensaio, de André Barretto
Data: 13 de Dezembro de 2017 (QUARTA-FEIRA)
Horário: Das 18h30 às 21h30
Local: Livraria da Vila do Galleria Shopping (Rodovia D. Pedro I, Km 131,5, Jardim Nilópolis, Campinas, SP)
Preço: Entrada gratuita
Mais informações: andrebarretto.com.br e www.facebook.com/escritorandrebarretto

EM TEMPO

  • Além da versão física, Cegueira sem Ensaio poderá ser adquirido no formato eBook na Amazon por R$ 16,90 (o mesmo funciona como áudio-livro em dispositivos com leitor de tela). A versão em braille deve ser viabilizada no próximo ano pela Fundação Dorina Nowill.
  • O projeto da edição impressa do livro é assinado pela premiada designer gráfica Luciana Facchini, sendo que o prefácio é de autora do escritor, jornalista e professor universitário Edvaldo Pereira Lima.

(*Com informações Assessoria de Imprensa)

Share this article

LALÁ RUIZ, jornalista, curiosa e apaixonada por cultura, comida e viagens, sem qualquer coerência no quesito preferência. Nascida em São Paulo, Capital, e radicada em Campinas, interior paulista, formada em Comunicação Social pela PUC-Campinas e trabalhou durante 26 anos na mídia impressa da cidade, tendo atuado nos jornais Correio Popular, Diário do Povo e Notícia Já.

Post a comment

Facebook Comments