Cinema: Leia a crítica de Assassinato no Expresso do Oriente

TEXTO: Lisandra Suzuki/ FOTOS: Fox Film/Divulgação

Assassinato no Expresso do Oriente, a mais famosa história de mistério da escritora Agatha Christie, se passa dentro do Orient Express, a linha de trem criada em 1883 e que faz conexão entre cidades do Oriente Médio e da Europa. O detetive belga Hercule Poirot é forçado a sair de seu descanso em Istambul, na Turquia, e colocado às pressas no Orient Express para retornar a Londres, para onde foi chamado para resolver um caso.

Na sua primeira noite no trem, uma avalanche cai nos trilhos, impedindo que o comboio prossiga viagem. No dia seguinte, um dos passageiros aparece morto, assassinado com 12 facadas. O diretor do trem e amigo de Poirot, Bouc, implora para que o belga investigue o crime, para o bem da Companhia Wagon Lit.

Johnny Depp em cena do filme

 

À medida em que Poirot aprofunda sua investigação, descobre que a vítima é autora de um crime horrendo e que diversos passageiros possuem alguma ligação com esse crime. Pistas estranhas, álibis improváveis e uma boa dose de mentiras confundem e intrigam o detetive, que também corre contra o tempo, pois assim que o trem voltar a andar, aumentam as chances de o assassino escapar impune.

Fazer um filme baseado num livro de mistério desse calibre apresenta seus riscos. A produção precisa conquistar uma nova plateia, formada por espectadores que não leram o material de origem e, ao mesmo tempo, agradar toda uma legião de fãs que já sabem o final da trama. De minha parte, sendo uma leitora ávida de Agatha Christie desde muito jovem, digo que fui ao cinema com uma certa dose de ansiedade.

Michelle Pfeiffer é um dos destaques

 

Será que o ator e diretor inglês Kenneth Branagh seria capaz adaptar para o cinema as histórias de Agatha Christie com a mesma competência que fez filmes maravilhosos baseados em Shakespeare, como Henrique V e Hamlet? Além disso, seria ele capaz de encarnar um personagem tão emblemático como Hercule Poirot, sendo que o mesmo já foi interpretado por atores como Peter Ustinov, Albert Finney, Alfred Molina e até mesmo Orson Welles?

Bem, agora posso dizer que sim. Com algumas modificações que não comprometem o material de origem, a nova consegue acertar no tom. Ao dosar suspense e divertimento, agrada quem estava com saudade de um novo filme baseado nos romances da autora inglesa e, ao mesmo tempo, prende a atenção de quem não conhecia a história.

Judi Dench e Olivia Colman: elenco de peso

 

Num momento em que o cinema vive o boom das adaptações das histórias de super-heróis, nas quais há uma necessidade insana de ação frenética, é quase um alívio ver um filme que pode se permitir ter um ritmo mais lento, calcado em diálogos e atuações, num ambiente mais contido.

Por ser uma trama com muita gente, o elenco, embora bem escolhido, pouca coisa pode mostrar além de uma boa caracterização do personagem. Nesse quesito, Michelle Pfeiffer brilha e se destaca, mas é de Kenneth Branagh (e seu Hercule Poirot) a alma do filme. Os maneirismos, as manias de grandeza e perfeição do detetive belga são muito bem colocados pelo ator inglês, em pequenos detalhes que também se encontram nos livros, como sua exigência de simetria no tamanho dos ovos do café da manhã e no seu luxuriante bigode.

Kenneth Branagh como Hercule Poirot

 

Assassinato no Expresso do Oriente talvez não seja um longa-metragem que vá agradar as plateias dos blockbusters super-heroicos, mas, certamente terá seu público naqueles que conseguem ver a diversão nos mais diferentes tipos de filme pipoca.

E quem gostou já pode esperar pelo próximo: a Fox anunciou, no último dia 20 de Novembro, que o livro Morte no Nilo deverá ser a próxima obra de Agatha Christie a ser adaptada. Branagh provavelmente voltará a dirigir, bem como encarnar o detetive Hercule Poirot.

*LISANDRA SUZUKI é bióloga formada pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e criadora da Caverna POP.

**Siga a Caverna POP no Facebook

 

SERVIÇO

Assassinato no Expresso do Oriente
Título original: Murder on the Orient Express
País/Ano: EUA, 2017
Direção: Kenneth Branagh
Elenco: Kenneth Branagh, Johnny Depp, Daisy Ridley, Willem Dafoe, Michele Pfeiffer, Penélope Cruz e Judi Dench
Duração: 114 min.
Distribuidora: Fox Films
Gênero: Suspense
Classificação: 12 anos

ASSISTA AO TRAILER

LEIA TAMBÉM

A “dama do crime” da literatura mundial tem nome: Agatha Christie

 

Games para entrar no clima de Assassinato no Expresso do Oriente

Share this article

LALÁ RUIZ, jornalista, curiosa e apaixonada por cultura, comida e viagens, sem qualquer coerência no quesito preferência. Nascida em São Paulo, Capital, e radicada em Campinas, interior paulista, formada em Comunicação Social pela PUC-Campinas e trabalhou durante 26 anos na mídia impressa da cidade, tendo atuado nos jornais Correio Popular, Diário do Povo e Notícia Já.

Post a comment

Facebook Comments