Campinas: Pedreira do Chapadão se transforma em cinema drive-in

FOTO: Cena de E.T. – O Extraterreste, que será exibido nesta sexta/CRÉDITO: Divulgação

O Cine Autorama, que funciona ao estilo dos antigos drive-ins, cinemas ao ar livre nos quais o público assistia aos filmes dentro dos carros, chega a Campinas (SP) nos dias 1º e 2 de Dezembro de 2017 (sexta-feira e sábado), com sessões na Pedreira do Chapadão. A entrada é gratuita, mas os lugares devem ser reservados pela internet, no site do projeto. Quem não conseguir fazer a reserva online, terá de ir ao local nos horários das sessões e aguardar na fila de espera. Serão disponibilizados 30 assentos para quem não tem carro.

O Cine Autorama integra o Circuito CPFL, projeto itinerante do Instituto CPFL que leva atividades culturais e esportivas a cerca de 100 municípios do país. Na sexta-feira, será exibido o curta-metragem brasileiro Procura-se (2010), do diretor Iberê Carvalho, seguido do clássico E.T. – O Extraterreste (1982), de Steven Spielberg. O curta Procura-se também estará na programação de sábado, que terá como destaque o musical Grease – Nos Tempos da Brilhantina (1978), de Randal Kleiser, com John Travolta e Olivia Newton-John. 

Apesar de resgatar um modelo de exibição nascido nos anos 1930, nos Estados Unidos, e que se tornou popular no Brasil na década de 1960, o Cine Autorama tem um pé na modernidade: a transmissão do som dos filmes é feita por rádio FM – os espectadores podem sintonizá-lo pelo rádio do carro ou pelo celular. Se a pessoa não tiver rádio no veículo nem smartphone, recebe emprestada uma caixinha de música para acompanhar a trama. A exibição é feita em telão inflável com 10m X 14m, resistente às variações do clima.

CRÉDITO: Divulgação

 

SERVIÇO

Cine Autorama
Data: 1º e 2 de Dezembro de 2017 (SEXTA-FEIRA e SÁBADO)
Horário: 20h
Local: Pedreira do Chapadão (Rua Dr. Alcides Carvalho, s/nº, Jardim Chapadão, Campinas, SP)
Preço: Entrada gratuita, mediante reserva antecipada de ingressos pela internet, no site www.cineautorama.com.br

EM TEMPO

  • Em São Paulo, o projeto Cine Autorama foi viabilizado por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), com o patrocínio da CPFL Energia, em parceria com o Instituto CPFL, a Sices Brasil e Associação Cultural Simbora, com realização da Brazucah Produções, Ministério da Cultura e Governo Federal. Em Campinas, o projeto conta com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura.
  • O Cine Autorama é montado em espaços públicos amplos que comportam, dependendo da área oferecida pela cidade, entre 50 e 200 carros. Lajeado, no Rio Grande do Sul, recebeu o maior público da temporada 2017 do projeto. Em uma única sessão foram contabilizados 137 carros e 345 pessoas.

(*Com informações Assessoria de Imprensa)

Share this article

LALÁ RUIZ, jornalista, curiosa e apaixonada por cultura, comida e viagens, sem qualquer coerência no quesito preferência. Nascida em São Paulo, Capital, e radicada em Campinas, interior paulista, formada em Comunicação Social pela PUC-Campinas e trabalhou durante 26 anos na mídia impressa da cidade, tendo atuado nos jornais Correio Popular, Diário do Povo e Notícia Já.

Post a comment

Facebook Comments