Campinas exibe filmes da 41ª Mostra de SP. Confira a programação

FOTO: Cena do filme A Cordilheira/ CRÉDITO: Divulgação

Pelo terceiro ao consecutivo, o Instituto CPFL, em Campinas (SP), recebe uma extensão da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que em 2017 chega à 41ª edição. Serão realizadas 12 sessões na cidade, a partir do dia 24 de Outubro, sempre com entrada gratuita. A abertura da programação será com A Cordilheira, filme do diretor Santiago Mitre, com Ricardo Darín no papel do presidente da Argentina.

Também serão exibidas produções da Espanha, Finlândia, Hungria, Dinamarca, França, Alemanha e México (no caso, o longa As Filhas de Abril, vencedor do Prêmio Especial do Júri da seção Um Certo Olhar do Festival de Cannes), além de trabalhos de dois cineastas homenageados na edição deste ano da Mostra: Paul Vecchiali e Agnès Varda. Confira abaixo a programação completa do festival em Campinas:

24/10/17 (TERÇA-FEIRA)

19h: A Cordilheira, de Santiago Mitre (114 min., Argentina/Espanha/França), com legendas eletrônicas em português
Em uma reunião de presidentes latino-americanos no Chile, na qual se discutem estratégias e alianças geopolíticas da região, o presidente argentino Hernán Blanco (Ricardo Darín) enfrenta um drama que o forçará a encarar seus mais profundos conflitos. Ele terá de tomar decisões que podem mudar o curso de sua vida púbica e privada para sempre.
Classificação indicativa: 14 anos

21h10: As Filhas de Abril, de Michel Franco (113 min., México), com legendas eletrônicas em português
Valeria tem 17 anos e está grávida de seu namorado, mas ainda não contou a novidade para sua mãe, a ausente Abril. Clara, sua irmã, revela o que está acontecendo, fazendo Abril agir de maneira preocupada e afetuosa. Porém, depois que a criança nasce, fica claro o motivo pelo qual Valeria mantinha a mãe o mais distante possível.
Classificação indicativa: 18 anos.

25/10/17 (QUARTA-FEIRA)

19h: Menina, de Cristina Pinheiro (97min., França, com legendas eletrônicas em português)
A história gira em torno de Luisa Palmeira, filha de imigrantes portugueses nascida na França. Em 1979, ela tem 8 anos de idade. Para a mãe analfabeta, Luisa é quase uma adulta, mas, para o pai, que bebe muito, ainda é uma menina. Certo dia, ele conta à filha que sofre de uma grave doença. A garota se recusa a acreditar e pensa que, na verdade, ele está escondendo outra coisa dela.
Classificação indicativa: 14 anos

21h: A Chantagem, de Paul Vecchiali (86min., França, com legendas eletrônicas em português)
Uma mulher proeminente na política recebe, em casa, um filme pornográfico protagonizado pelo seu filho. Para tentar descobrir quem a está chantageando, ela contrata uma detetive particular.
Classificação indicativa: 16 anos

26/10/17 (QUINTA-FEIRA)

19h: O Pequeno Porto, de Iveta Grófová (85min., Eslováquia/República Tcheca, com legendas eletrônicas em português)
Jarka tem 10 anos de idade e mora com a mãe, que não está preparada para lidar com a maternidade. Motivada pelo desejo de amar e de ter uma família, a menina acaba dando abrigo a dois bebês gêmeos abandonados.
Classificação indicativa: Livre

21h: Cuidado com os Wunderlichs, de Dani Levy (103min., Alemanha/Suiça, com legendas eletrônicas em português)
Mimi é uma musicista falida e mãe solteira sobrecarregada pelas tarefas do cotidiano. Ela se vê diante de uma nova chance na vida quando o filho hiperativo a inscreve secretamente em um show de talentos suíço. Mimi vê a oportunidade de realizar seu sonho, mas sua família não deixará que ela encare isso sozinha e, então, todos embarcam em uma agitada viagem até Zurique.
Classificação indicativa: Livre

28/10/17 (SÁBADO)

17h: Os Versos Esquecidos, de Alireza Khatami (92min., França/Alemanha/Holanda/Chile, com legendas eletrônicas em português)
O zelador de um necrotério passa os dias cuidando de suas plantas e mostrando corpos para aqueles que procuram por pessoas queridas. Quando um protesto irrompe em uma cidade vizinha, a milícia usa o local para esconder vítimas civis. Ele então descobre o cadáver de uma jovem desconhecida. Evocando memórias de uma perda pessoal, o homem embarca em uma odisseia mágica para dar a ela um enterro digno. Vencedor do Prêmio de Melhor Roteiro da seção Horizontes e do Prêmio da Crítica de Melhor Primeiro Filme no Festival de Veneza.
Classificação indicativa: 16 anos

19h: Jane B. Por Agnès V., de Agnès Varda (97min., França, com legendas eletrônicas em português)
Em um caleidoscópico feito de fragmentos de ficções de diversos momentos, Jane Birkin interpreta diferentes papéis —incluindo o dela mesma.
Classificação indicativa: 14 anos

21h: Irmãos do Inverno, de Hlynur Pálmason (94min., Dinamarca/Suécia, com legendas eletrônicas em português)
A história de dois irmãos e seu ambiente de trabalho durante um rigoroso inverno. Suas rotinas, seus hábitos, rituais e uma violenta disputa que surge entre eles e outra família, vistos por meio do olhar de Emil, o irmão mais novo. Vencedor do Prêmio de Melhor Ator para Elliott Crosset Hove no Festival de Locarno.
Classificação indicativa: 16 anos

29/10/17 (DOMINGO)

17h: Brasileiros, de Csaba M. Kiss e Gábor Rohonyi (95min., Hungria, com legendas eletrônicas em português)
O caos se instaura entre a minoria cigana da cidade de Acsa quando o prefeito anuncia que neste ano o time Brasileiros, composto por ciganos, poderá participar do campeonato local de futebol. Além disso, graças a um milionário que tem origens ali, a equipe campeã será convidada para viajar ao Rio de Janeiro. A competição começa e as coisas tomam direções inesperadas.
Classificação indicativa: 14 anos

19h: Pequenas Asas, de Selma Vilhunen (100min., Finândia/Dinamarca, com legendas eletrônicas em português)
Varpu tem 12 anos e não conhece o pai. O convívio entre a garota e sua mãe, Siru, é afetuoso, mas ela trata a filha como uma adulta, o que faz com que Varpu não tenha uma infância normal. Depois de uma discussão entre as duas, a menina rouba um carro e cruza o país até chegar ao norte da Finlândia para procurar pelo pai.
Classificação indicativa: 12 anos

21h: Não Sei Dizer Adeus, de Lino Escalera (97min., Espanha, com legendas eletrônicas em português)
Carla recebe um telefonema da irmã avisando que seu pai, com quem não mantém contato, está doente. No mesmo dia, ela pega um voo para Almería, sua cidade natal. Lá, os médicos dão apenas alguns meses de vida a ele. Carla se recusa a aceitar o diagnóstico e, contrariando a todos, decide levá-lo até Barcelona para um tratamento. Ela e o pai, então, partem em uma jornada para fugir de uma realidade que nenhum dos dois deseja enfrentar.
Classificação indicativa: 14 anos

A MOSTRA

A 41ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo será realizada de 19 de Outubro a 1º de Novembro de 2017, com a exibição de 394 filmes em 35 endereços, entre cinemas, espaços culturais e museus, incluindo projeções gratuitas e ao ar livre. A seleção faz um apanhado do cinema contemporâneo mundial, além de apresentar tendências, temáticas, narrativas e estéticas. A programação é composta por seis seções: Homenagens, Apresentações Especiais, Foco Suíça, Competição Novos Diretores, Mostra Brasil e Perspectiva Internacional. A cerimônia de abertura será nesta quarta-feira (18/10/2017), no Auditório Ibirapuera. Mais informações: 41.mostra.org

SERVIÇO

41ª Mostra Internacional de Cinema em Campinas
Local: Sala Umuarama do Instituto CPFL (Rua Jorge de Figueiredo Corrêa, 1.632, Chácara Primavera, Campinas, SP, fone: 19 3756-8000)
Preço: Entrada gratuita, por ordem de chegada (dois ingressos por pessoa)
Capacidade: 139 lugares
Mais informações: www.institutocpfl.org.br

(*Com informações Assessoria de Imprensa)

Share this article

LALÁ RUIZ, jornalista, curiosa e apaixonada por cultura, comida e viagens, sem qualquer coerência no quesito preferência. Nascida em São Paulo, Capital, e radicada em Campinas, interior paulista, formada em Comunicação Social pela PUC-Campinas e trabalhou durante 26 anos na mídia impressa da cidade, tendo atuado nos jornais Correio Popular, Diário do Povo e Notícia Já.

Post a comment

Facebook Comments