Artes plásticas: Confira roteiro com cinco exposições em Campinas

FOTO: Obra do artista plástico Thomaz Perina/ CRÉDITO: Divulgação

Quem gosta de artes plásticas pode visitar, em Campinas (SP), exposições que reúnem obras de diferentes estilos, da pintura figurativa à monotipia, passando pela fotografia e trabalhos inspirados em mulheres que enfrentam ou já tiveram câncer de mama. Isso sem falar em uma retrospectiva de um dos grandes nomes das artes na cidade. Confira o roteiro com cinco opções selecionadas pelo site Lalá Ruiz – Notícias Crônicas:

1. A Vanguarda por Thomaz Perina

Está em cartaz no Museu de Arte Contemporânea de Campinas (Macc) a exposição A Vanguarda por Thomaz Perina, uma retrospectiva com 80 obras de diferentes temas e décadas de um dos maiores nomes das artes plásticas da cidade. Nascido em 1921 e morto em 2009, Perina desenvolveu uma linguagem própria e concebeu trabalhos de rara beleza, datadas de 1940 a 2008. Nesta coleção, o visitante será convidado a mergulhar pelo universo do artista e apreciar seu processo criativo.

  • Data: Até 19 de Novembro de 2017
  • Local: Museu de Arte Contemporânea de Campinas – Macc (Rua Benjamin Constant, 1.633, Centro, Campinas, SP, fone: 19 3236-4716)
  • Horário de visitação: Terça, quarta, sexta e sábado, das 10h às 18h; quinta, das 10h às 21h; domingos e feriados, das 9h às 12h
  • Preço: Entrada gratuita

Em tempo: Com curadoria do Instituto que leva o nome do artista, a mostra é uma realização da Secretaria de Cultura do Estado, por meio do ProAc, com patrocínio da Coca-Cola Femsa.

2. Vitoriosas

Depois de passar pelo Galleria Shopping, a exposição Vitoriosas ao Ateliê Lisa França, no distrito de Sousas. A mostra, em alusão ao Outubro Rosa, reúne dez artistas plásticos e dez jornalistas que contam, com textos e pinturas, a história de dez mulheres que convivem ou conviveram com o drama do câncer de mama – as mulheres foram indicadas pelo Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (Caism) e pelo Grupo Rosa e Amor. Participam os artistas plásticos Robinson José da Silva, Mário Gravem Borges e Jadsonchic, Dalcio Machado, Paulo Branco, João Bosco, Synnöve Hilkner, Nale Simionatto, Renato Stegun, Lisa França e Rosana Amorim. A lista de jornalistas é formada por Ronaldo Faria (introdução), Fabiano Ormaneze, Paulo Gonçalves, João Nunes, Patrícia Penzin, Felipe Zangari, Elizabete Morais Delfino, Zezé de Lima, Carolina Rodrigues, Manuel Alves Filho e Lalá Ruiz.

CRÉDITO: Fernanda Sunega

 

  • Data: De 23 de Outubro a 6 de Novembro de 2017
  • Local: Ateliê Lisa França (Rua Monsenhor Dr. Emílio José Salim, 118, Sousas, Campinas, SP)
  • Horário de visitação: Abertura nesta segunda (23/10), às 19h30; segunda, terça, quinta e sexta-feira, das 14h às 18h; quarta-feira, das 14h às 21h; no domingo, 5/11, das 10h às 15h
  • Preço: Entrada gratuita
  • Mais informações: (19) 3258-1474

Em tempo: A realização é da Prefeitura Municipal de Campinas e do Salão de Beleza Symetria, que há sete anos é posto de doação de cabelos para mulheres em tratamento do câncer de mama

3. Na Lida, Com o Avesso do In-Verso

Uma oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o trabalho do artista plástico campineiro João Bosco, um dos participantes da mostra Vitoriosas, é a exposição individual Na Lida, Com o Avesso do In-Verso. Em cartaz na Ide Escola de Arte, a mostra reúne uma série de trabalhos em monotipia nascidos de estudos feitos pelo artista com um mimeógrafo.

  • Data: De 19 de Outubro a 20 de Novembro de 2017
  • Local: Ide Escola de Arte (Avenida José Próspero Jacobucci, 51ª, Parque das Universidades, Campinas, SP)
  • Visitação: De segunda a sexta-feira
  • Preço: Entrada gratuita
  • Mais informações: www.facebook.com/aescolaide

4. ReExistir

ReExistir é o nome da primeira exposição do coletivo feminino Carolinas, formado pelas fotógrafas Cintia Antunes, Fabiana Ribeiro, Gabriela Zanardi, Sandra Lopes e pela especialista cultural Juliana Siqueira. A mostra reúne 20 imagens impressas em tecido, nas dimensões 1,20 metro x 0,80 centímetros. Os temas são os mais diversos, e seguem a proposta do coletivo de “ser inclusivo e agregar a produção feminina local no processo de democratização de imagens e informações”.

CRÉDITO: Fabiana Ribeiro

 

  • Data: De 25 de Outubro a 26 de Novembro de 2017
  • Local: Museu da Imagem e do Som de Campinas (Rua Regente Feijó, 859, Centro, Campinas, SP)
  • Abertura: Quarta-feira (25/10), às 19h, com debate
  • Visitação: De terça a sexta, das 10 às 20h; sábados, das 10 às 16h
  • Preço: Entrada gratuita

Em tempo: A exposição integra a programação da 10ª Mostra Luta!, que reúne manifestações artísticas e culturais que debatem as causas sociais e populares.

5. Garças e Guarás na Ilha de Marajó

A artista plástica gaúcha radicada em Campinas Liza Ellwanger realiza, durante o mês de Outubro, no Espaço das Artes do Ciesp-Campinas, a exposição Garças e Guarás na Ilha de Marajó. A mostra é composta por dez telas que Liza produziu após viagem à ilha localizada no estado do Pará, com o objetivo de chamar a atenção para a preservação do meio ambiente.

  • Data: Até 31 de Outubro de 2017
  • Local: Espaço das Artes do Ciesp-Campinas (Rua Padre Camargo Lacerda, 37, Bonfim, Campinas, SP, fone 19 3743-2200)
  • Horário de visitação: De segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30
  • Preço: Entrada gratuita

(*Com informações Assessoria de Imprensa)

Share this article

LALÁ RUIZ, jornalista, curiosa e apaixonada por cultura, comida e viagens, sem qualquer coerência no quesito preferência. Nascida em São Paulo, Capital, e radicada em Campinas, interior paulista, formada em Comunicação Social pela PUC-Campinas e trabalhou durante 26 anos na mídia impressa da cidade, tendo atuado nos jornais Correio Popular, Diário do Povo e Notícia Já.

Post a comment

Facebook Comments