Dois roteiros com destino aos desertos e lagos da América do Sul

FOTO: Salar de Uyuni, na Bolívia/ CRÉDITO: Depositphotos

Desertos e lagos estão entre os cartões-postais da América do Sul. Entre as paisagens naturais que mais encantam os viajantes estão o Uyuni, o maior deserto de sal do mundo, na Bolívia; o deserto do Atacama, considerado o mais árido do planeta, no Chile; e o Lago Titicaca, no Peru, o maior em volume de água do continente e que fica a 3,8 mil metros de altitude. Para quem quer conhecer essas formações naturais pra lá de impressionantes, a Visual Turismo oferece duas opções de pacotes. Confira:

1. Peru e Bolívia

Roteiro passa pelas cidades de La Paz, Sucre, Potosí e Uyuni (onde ficar o Salar), na Bolívia, e passeio pelo Lago Titicaca, na fronteira com o Peru. São seis noites de hospedagem com café da manhã, sendo duas em La Paz, duas em Sucre, uma em Potosí e uma em Uyuni, além dos traslados de chegada e saída.

Os viajantes terão a oportunidade de conhecer a Isla del Sol, no Lago Titicaca, que abrigava o templo dedicado ao Deus Sol da cultura inca. O acesso é feito de catamarã, pela cidade de Copacabana, com almoço, visitas ao museu subterrâneo Ekako e ao centro cultural Inti Wata e passeio em jangada incluídos.

Em Sucre, capital constitucional boliviana, os viajantes irão conhecer os museus Casa de la Liberdad e del Tesoro, entre outro locais. Em Potosí, visitarão uma mina colonial em Cerro Rico. O roteiro ainda prevê jantar em Uyuni e almoço ou piquenique no deserto de sal, visita ao Cemitério de Trens, ao Hotel de Sal Playa Blanca e à ilha Incahuasi.

  • Preço (pacote terrestre): A partir de US$ 2.021 por pessoa, em apartamento duplo. O valor é válido para viagens até 6 de Dezembro de 2017 e pode ser pago à vista ou em até dez vezes iguais.

Vale da Lua, no deserto do Atacama, no Chile (CRÉDITO: Depositphotos)

 

2. Deserto do Atacama e Salar de Uyuni

Pacote tem duração de oito noites, com chegada e saída em Santiago, capital chilena. No Deserto de Atacama, os viajantes poderão conhecer o famoso Vale da Lua, o Salar de Atacama e as lagoas altiplânicas, além de visitar os , que ficam a mais de 4 mil metros de altitude.

O povoado Machuca, que mostra o sincretismo cultural e religioso da região, é outro ponto turístico interessante do roteiro. Na Bolívia, o roteiro inclui a Lagoa Verde (localizada aos pés do vulcão Licancabur), as águas termais de Chalviri, o Vale de Dalí, os Gêiseres do Sol da Manhã e o Salar de Uyuni.

  • Preço (somente a parte terrestre): A partir de US$ 3,016 mil por pessoa em apartamento duplo.

SERVIÇO

Mais informações podem ser obtidas no site: www.visualturismo.com.br.

(*Com informações Assessoria de Imprensa)

Share this article

LALÁ RUIZ, jornalista, curiosa e apaixonada por cultura, comida e viagens, sem qualquer coerência no quesito preferência. Nascida em São Paulo, Capital, e radicada em Campinas, interior paulista, formada em Comunicação Social pela PUC-Campinas e trabalhou durante 26 anos na mídia impressa da cidade, tendo atuado nos jornais Correio Popular, Diário do Povo e Notícia Já.

Post a comment

Facebook Comments