Encarei uma “escape room” em Campinas e “sobrevivi” para contar

FOTO: Detalhe da escape room O Manuscrito Voynich/ CRÉDITO: Divulgação

No 16º episódio da oitava temporada da série The Big Bang Theory, batizado de The Intimacy Acceleration, os personagens Leonard (Johnny Galeck), Amy (Mayim Malik), Raj (Kunal Nayyar) e Emily (Laura Spencer) decidem encarar uma escape room, jogo que consiste em trancar pessoas em uma sala e da qual elas podem sair depois de cumprir os desafios propostos pela história escolhida.

Inspiradas em jogos de computador e celular, as escape rooms surgiram na China, na década passada, se espalharam pela Europa, Estados Unidos e chegaram também ao Brasil. Fui conhecer uma delas, no caso, a sala O Manuscrito Voynich, uma das duas disponíveis no recém-inaugurado Challenge Room, em Campinas (SP). Não é uma experiência para ansiosos, claustrofóbicos e “maus perdedores”.

Personagens de The Big Band Theory em uma escape room

Personagens de The Big Band Theory em uma escape room

 

Digo isso porque, a menos que você e seus amigos sejam como os personagens de The Big Bang Theory, que adivinharam tudo em cinco minutos e desdenharam da “dificuldade”, existe a possibilidade de vocês não resolverem os enigmas, não abrirem os cadeados e terem de ser “resgatados” depois de uma hora, tempo de duração do desafio. Mas, dá para pedir pistas e, no final, o que importa mesmo é a diversão.

Nossa proposta é oferecer aos visitantes uma experiência única, ao lado dos amigos, da família ou dos colegas do trabalho. As histórias são envolventes e os grupos terão de ter muita habilidade e inteligência.” (Fernando Fernandes, um dos três sócios da Challenge Room)

As salas do Challenge Room

O Challenge Room, localizado no bairro Cambuí, possui atualmente duas salas, O Manuscrito Voynich e Ameaça Nuclear. Saiba mais sobre as duas histórias:

  • O Manuscrito Voynich. Em sua constante busca por obras singulares, o renomado professor Helios Russi encontra em sua última viagem a Istambul um antigo livro de palavras completamente desconhecidas. Após sete anos dedicados a decifrar as misteriosas páginas, o professor encontra-se desaparecido e dado como morto pelas autoridades locais. O que terá acontecido com o professor Helios Russi? O Manuscrito Voynich é a chave desse mistério e está à disposição na biblioteca do professor. Você será capaz de desvendar esse enigma e descobrir o que houve com ele?
    Grau de dificuldade: Nível 2 (escala até 5)
    Número de participantes: 4 a 10 pessoas
  • Ameaça Nuclear. As ofensivas do ditador Ji Yuada se tornam mais concretas ao descobrirmos que o agente especial Nicolai Tex, dado como morto na guerra do Vietnã, se uniu às forças dos Estados Separatistas do Sul. Especialista em armamento nuclear, o agente Nicolai vem desenvolvendo durante os últimos dez anos um míssil nuclear de longo alcance. Seu alvo? Todos os países da República Unificada. Seu objetivo é desativar as instalações nucleares dos Estados Separatistas do Sul e capturar o traidor Nicolai Tex.
    Grau de dificuldade: Nível 3 (escala até 5)
    Número de participantes: 4 a 8 pessoas

SERVIÇO

Challenge Room
Endereço: Rua Doutor Emílio Ribas, 147, Cambuí, Campinas, SP
Telefone: (19) 3307-6236
E-mail: atendimento@challengeroom.com.br
Horário de funcionamento: Das 10h às 22h (início do último grupo)
Preço: R$ 69 por pessoa
*Menores de 13 anos só podem jogar acompanhados de um adulto responsável. Há pacotes para empresas e escolas e a opção de realizar o desafio em inglês

Em tempo: Outras duas salas já estão em desenvolvimento e devem ser inauguradas ainda em 2016 no Challenge Room. São elas: Circus Freak e O Faraó. E para quem ficou curioso, o meu grupo conseguiu sair! Olha a gente aí:

lala-ruiz-grupo-escape-room-divulgacao

(*Com informações Assessoria de Imprensa)

Share this article

LALÁ RUIZ, jornalista, curiosa e apaixonada por cultura, comida e viagens, sem qualquer coerência no quesito preferência. Nascida em São Paulo, Capital, e radicada em Campinas, interior paulista, sou formada em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas) e trabalhei durante 26 anos na mídia impressa da cidade, tendo atuado nos jornais Correio Popular, Diário do Povo e Notícia Já.

Post a comment

Facebook Comments