Cia. CPFL de Teatro faz leitura dramática de peça em Campinas

FOTO: Divulgação

A Cia. CPFL de Teatro realiza nesta quarta-feira (30/3/2016), no estúdio do Café Filosófico da CPFL, em Campinas (SP), a leitura dramática de Streaming, Cyberdrama em um Ato, peça de autoria de João Nunes e Maurício de Almeida. O texto narra a história de dois estudantes universitários que vão morar por um mês na república de duas garotas para ensaiar uma peça e rodar um filme. A experiência que seria enriquecedora para os quatro vira um pesadelo quando uma cena de sexo, que não fazia parte do filme, vaza na internet. A direção é de Abílio Guedes.

Formado em teologia e jornalismo, João Nunes é crítico de cinema do jornal Correio Popular de Campinas, onde trabalha desde 1999. É autor do romance Partido ao Meio (1999), do livro de contos As Mãos de Pelé (2006) e do e-book O Dia em que Paul Morreu (2015). Maurício de Almeida é autor do romance A Instrução da Noite (2016) e do livro de contos Beijando Dentes (2008), vencedor do Prêmio Sesc de Literatura 2007. Participou das coletâneas Como se não Houvesse Amanhã (2010) e O Livro Branco (2012). (*Com informações Assessoria de Imprensa)

SERVIÇO

Leitura dramática da peça Streaming, Cyberdrama em um Ato
Data: 30 de Março de 2016 (QUARTA-FEIRA)
Horário: 19h
Local: Estúdio do Café Filosófico do Instituto CPFL Cultura (Rua Jorge Figueiredo Corrêa, 1.632, Chácara Primavera, Campinas, SP)
Preço: Entrada franca, por ordem de chegada, a partir das 18h, até a lotação da sala
Capacidade: 180 lugares
Mais informações: (19) 3756-8000 e www.institutocpfl.org.br

Share this article

LALÁ RUIZ, jornalista, curiosa e apaixonada por cultura, comida e viagens, sem qualquer coerência no quesito preferência. Nascida em São Paulo, Capital, e radicada em Campinas, interior paulista, formada em Comunicação Social pela PUC-Campinas e trabalhou durante 26 anos na mídia impressa da cidade, tendo atuado nos jornais Correio Popular, Diário do Povo e Notícia Já.

Post a comment

Facebook Comments