Tatiana Rocha faz “crowdfunding” para lançar livro e CD

FOTO: Rita Araújo

A cantora, compositora – e mãe de santo – fluminense/baiana/campineira Tatiana Rocha prepara o lançamento do livro e CD Brigada de Oxalá. Para tanto, está com uma campanha de financiamento coletivo na internet, na plataforma Benfeitoria. O objetivo é arrecadar R$ 20 mil até as 23h59 do dia 5 de Dezembro de 2015 (até o fechamento deste post, já haviam sido doados R$ 10,515 mil).

O financiamento, explica Tatiana na plataforma, será gasto na ilustração da capa, revisão de texto, diagramação, impressão do livro, gravação, mixagem e masterização das canções, fabricação dos CDs, custos de envio das recompensas e despesas inerentes à plataforma de financiamento coletivo. Os benfeitores podem doar de R$ 50 (pacote “Tô meio sem grana, mas tô dentro”) a R$ 20 mil (pacote “Patrocinador oficial”).

lala-ruiz-Tatiana-Rocha-credito-Juliana-Hilal

CRÉDITO: Juliana Hilal

Tatiana Rocha nasceu em Niterói (RJ), foi criada em Salvador (BA) e, desde 1987, mora em Campinas (SP), para onde se mudou para estudar Medicina, mas acabou se consolidando com um dos nomes mais importantes da música na cidade (na época, fazia dupla pelos bares com a também cantora e compositor Carô). Pesquisadora da cultura popular, tem nove CDs gravados, um DVD e é autora de trilhas sonoras para teatro.

“Mas também atendo a quem me chama de Mãe Tatiana de Yemanjá” diz ela, que está à frente do Terreiro de Umbanda Mãe de Deus, com sede em Campinas, e de onde surgiu o grupo de samba de roda Samba de Yayá (“Yayá é a forma carinhosa que eles me cumprimentam e significa mamãe. Bonito, né?”, escreveu Tatiana no site Benfeitoria. E foi dessa fusão, explica, que nasceu a escritora.

Seu primeiro romance, Brigada de Oxalá, procura, a partir da história do menino Damião, retratar as lendas, mitos, ritos, símbolos e fundamentos da Umbanda. Como seu marido, Alexandre Lemos, também é compositor (é autor de 150 canções gravadas por nomes como Renato Teixeira, Ney Matogrosso, Sérgio Reis, Ceumar, Celso Viáfora e MPB4), surgiu a ideia de fazer a trilha sonora do livro, com canções ligadas aos personagens e passagens da trama.

SERVIÇO

Quem quiser ajudar, basta acessar o site beta.benfeitoria.com/brigadadeoxala e escolher como contribuir e conferir as recompensas. Além disso, no próximo dia 29 de Novembro (um DOMINGO), será realizado o Sarau Brigada de Oxalá, com a participação de Tatiana Rocha, Alexandre Lemos, Mirna Rolin, Ana Roxo, Cris Monteiro e Samba de Yayá, mais exposição da jornalista e fotógrafa Josiane Giacomini. Os convites custam R$ 20. O evento será na casa da autora, em Barão Geraldo, distrito de Campinas. Mais informações e reservas: brigadadeoxala@gmail.com.

Share this article

LALÁ RUIZ, jornalista, curiosa e apaixonada por cultura, comida e viagens, sem qualquer coerência no quesito preferência. Nascida em São Paulo, Capital, e radicada em Campinas, interior paulista, sou formada em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas) e trabalhei durante 26 anos na mídia impressa da cidade, tendo atuado nos jornais Correio Popular, Diário do Povo e Notícia Já.

Post a comment

Facebook Comments